"Somos amadas filhas espirituais de Deus, e nossa vida tem significado, propósito e direção.
Como irmandade mundial, somos unidas em nossa devoção a Jesus Cristo, nosso Salvador e Exemplo.
Somos mulheres de fé, virtude, visão e caridade e:
Aumentamos nosso testemunho de Jesus Cristo por meio da oração e do estudo das escrituras.
Buscamos força espiritual seguindo os sussurros do Espirito Santo.
Dedicamo-nos ao trabalho de fortalecer o casamento a familia e o lar.
Consideramos nobre a maternidade e somos felizes por sermos mulheres.
Deleitamo-nos no servlço ao próximo e nas boas obras.
Amamos a vida e o aprendizado.
Defendemos a verdade e a retidão.
Apoiamos o sacerdócio como a autoridade de Deus na Terra.
Regozijamo-nos com as bênçãos do templo, compreendemos nosso destino divino e esforçamo-nos para alcançar a exaltação."



A Caridade Nunca Falha!

Ela não estava sozinha... Ele estava lá!


Era o começo da primeira sessão da conferência geral e ela estava sentada no primeiro banco da fileira do meio... o salão ainda estava vazio quando ela chegara. Ela lançou um olhar para todo o salão, enquanto ouvia o Coro do Tabernáculo Mórmon cantando suas belas músicas... isso lhe fazia bem, provavelmente.
Logo começaram a chegar as primeiras pessoas e uma nova esperança crescia dentro dela, como se estivesse esperando alguém.
Com o tempo, ela viu que esse alguém não chegaria e começou a sentir-se triste... uma tristeza diferente... triste.
Frequentemente ela olhava para o banco e, num toque suave, passava a mão sobre o banco, como se quisesse que alguém estivesse ali, mas não havia ninguém.
A essa hora o salão já estava cheio, mas seu coração parecia vazio, como se faltasse algo.
Enquanto as autoridades gerais e outras autoridades discursavam, ela pensava: "será que alguém virá?", mas ninguém veio.
Não demorou muito pra que ela se sentisse fora do lugar onde devia estar, ela estava sozinha...
Talvez ela não soubesse, mas não estava sozinha.
Ela não podia ver, e não podia ouvir... mas alguém estava bem ali, ao seu lado.
Enquanto ela pensava e via todos bem acompanhados, ela não prestou atenção a quem estava ao seu lado...
Num único gesto ela pegou a mochila preta e vermelha que estava ao seu lado e, quase chorando, abraçou com muita força, apertando até onde conseguia... algo havia mudado, sim. Ela soltou a mochila novamente, e quase sorrindo, ouviu as palavras do pres. Uchtdorf. Talvez tenha se sentido melhor, mas ainda se sentia sozinha.
Depois, com certeza, ela percebeu que não estava tão sozinha, ela sabia quem estava com ela e sabia que era uma honra ter alguém como Ele sentado ao seu lado.
Talvez ela não tivesse alguém físico ao seu lado, mas com certeza havia alguém a abraçando naquele momento e fazendo com que se sentisse melhor.
Ele estava lá!






Um pouco sobre política...




O que vocês pensam a respeito da política no Brasil??
A verdade é que eu já não sei o que pensar... Hoje (2010) a política virou piada em todo o país... cada vez menos aparecem pessoas sérias no meio político e isso nos deixa numa situação politicamente difícil.
Não estou escrevendo pra mudar a opinião de qualquer pessoa sobre o candidato em quem vai votar, mas para mostrar que nós podemos decidir um meio melhor nisso tudo.
Aprendemos que, em tudo o que fazemos, devemos buscar a orientação do Senhor. Ele pode nos guiar a fazer a escolha certa [a mais adequada, provavelmente]e assim nos ajudar a decidir o melhor para nosso país.
Nessas eleições, e em todas as outras, o ideal seria que cada um de nós buscasse a orientação do Senhor antes de votar... isso seria bom e nos ajudaria a a nos manter mais próximos do nosso Pai.
Não racionalizem pensando que seu voto é "só mais um", nem que Deus não responde a perguntas como essas. Ele ouve, Ele responde... Ele quer o melhor para nós e vai nos ajudar. Nosso voto é importante e pode fazer a diferença, sempre.

Não esqueça de orar!


Alguem muito especial me deu esse desenho (o do meio) há alguns anos... eu sempre gostei muito dele e, quase sempre, usava como papel de parede na minha área de trabalho. Era mesmo muito legal ter um lembrete já que eu não tenho uma memória de elefante ;D
Pensando sobre o que eu devia melhorar, resolvi fazer um papel de parede para o meu celular, assim sempre que o visse, lembraria de alguns detalhes importantes, então complementei esse desenho, que ficou do jeito que podem ver agora.
Hoje eu sei a importância de orar, e de estar em sintonia com o Espírito. Conheço grande parte do que o Senhor quer de mim e sei quão grande é Seu amor por mim.
Sei que poderemos estar todos juntos uma vez mais com nosso Pai, se não nos esquecermos de voltar para casa.

A árvore que Leí viu...




Quando completei 18 anos de idade, recebi uma carta do Instituto convidando-me a participar das aulas. No começo eu pensei mesmo em participar, mas procrastinei até que me esqueci por completo.
Com meu retorno a Igreja, resolvi que devia participar do Instituto, e assim eu fiz.
Foi realmente maravilhoso estar lá. Meu primeiro dia foi marcado por uma bela vista de uma árvore que eu sabia qual era... A árvore me chamou a atenção, logo que a vi.
Eu senti o desejo de me sentar perto daquela maravilhosa árvore, e estava vazio, então sentei.
Durante a aula, enquanto o professor falava, eu ficava olhando a árvore e o que ela representava... quando dei por mim, percebi que na árvore havia alguns frutos brancos e, mesmo sabendo que eram apenas representação de algo, senti, por um momento, o desejo de come-lo.
Aquele foi o primeiro desejo que senti de estar de volta na presença de Deus e viver feliz com Ele... o primeiro, depois que voltei pra igreja.
Olhando mais a frente, percebi uma barra de ferro que, de longe parecia-me algo para pendurar algo.
Quando me dei conta, percebi que aquela barra de ferro era a mesma que Leí vira em sua visão, e aquilo me fez ponderar.
Posso lhes dizer com toda certeza que, se vocês sentirem real desejo de comer do fruto, não precisarão ter uma árvore na sua frente. Basta que cheguem até a árvore se segurando na barra de ferro.